A Humanidade prosperará ou perecerá? | Sonja van den Ende

A Humanidade prosperará ou perecerá? | Sonja van den Ende

Por Sonja van den Ende

De acordo com o Instituto Schiller, a única maneira de a humanidade sobreviver e prosperar é exigir uma cúpula das quatro potências que permita a elas cooperar e encontrar uma solução para o futuro. O restabelecimento econômico vindouro, que contempla a Quarta Revolução Industrial, inclui a biotecnologia de edição de genes, telecomunicações 5G, Inteligência Artificial, e similares, e afetará todos os países, todas as nações e todos os seres humanos do planeta.

O mundo está enfrentando dois vírus: a COVID-19, sobre o qual não vou discutir neste artigo, e o vírus econômico. Além disso, o mundo ocidental, que é referido como o Império Britânico (BE) pelo Instituto Schiller, mas eu gosto de chamá-los de elites, são os 1% e os membros do deep state ou governo das sombras. Eles estão atualmente conduzindo um novo golpe semelhante ao de Maidan nos EUA, implementado e pago pelo BE, resultando no que eles chamam de "Black Lives Matter". O golpe é meramente realizado contra a Administração Trump ou o próprio Trump, um homem que não deveria ser presidente de acordo com o BE. Sua eleição foi um golpe de Estado imprevisto na opinião deles.

Recentemente um artigo escrito pelo Presidente Putin da Rússia enfatizou o mesmo ponto, a saber, que se o mundo quiser superar estes vírus, as quatro potências China, EUA, Índia e Rússia devem se unir e encontrar soluções para "salvar" o mundo de mais destruição e guerras. Elas também deveriam destruir os projetos de colonização do BE e finalmente destruir o próprio BE para deixar a Europa prosperar sem a necessidade dele. A Europa é um continente que caiu neste sistema imperialista colonial por muitos séculos, ditado pela velha nobreza da Europa, nobres como a família de Médicis de Venetian Bankers, que ainda é aplicada através da cidade de Londres, Wall Street, e nos primeiros dias, a Companhia Holandesa das Índias Orientais  (VOC). A Europa, e para isso os EUA (que consistem em grande parte de imigrantes europeus), estão presos em seus sonhos coloniais à nobreza e esqueceram de seu próprio povo.

A nobreza européia ou o BE traiu o mundo três vezes e incendiou a primeira Guerra Mundial, a chamada "paz" do Tratado de Versalhes, onde as sementes da Segunda Guerra Mundial foram semeadas. Hitler foi financiado pelo BE e invadiu a Polônia sob um pretexto "falso", depois de um pacto de agressão entre a Rússia e a Alemanha. A Alemanha deveria cancelar o pacto e iniciar a Segunda Guerra Mundial com a ajuda do BE.

As semelhanças podem ser vistas hoje em dia. A Conferência de Munique de 2007, onde o Presidente Putin proferiu seu famoso discurso, foi o gatilho para a Terceira Guerra Mundial híbrida que vem se desenrolando desde então. Não do jeito que foi em 1939, mas uma Guerra Híbrida, com toda a moderna tecnologia de ataques cibernéticos, propaganda na internet e mídia social. Também houve alguns conflitos físicos, como a destruição da Líbia, Afeganistão, Iraque e Síria, assim como a ocupação da Palestina, a tentativa de golpe na Venezuela e o verdadeiro golpe na Ucrânia, que também fazem parte disso. O BE tem uma agenda nas chamadas Revoluções Coloridas, e no topo da agenda está a Bielorrússia, um país próximo à Rússia. Recentemente descobri que a Embaixada da Holanda está patrocinando uma Revolução Colorida em Belarus. Além disso, o México e o Irã também estão na lista de alvos. O recente cancelamento pelo BE do tratado Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário assinado por Gorbachev e Reagan após o fim da União Soviética e da Guerra Fria é preocupante e faz parte da Guerra Híbrida. Por causa de tudo isso, nunca a humanidade esteve tão perto da beira de uma guerra atômica, talvez até mais hoje do que durante a Guerra Fria. A expansão da OTAN é também outro sinal de uma guerra que se aproxima.

A China também está enfrentando uma propaganda maciça e a Guerra Híbrida do BE na forma de guerra comercial e acusações de que o chamado vírus de "Wuhan" (COVID-19) foi criado em um laboratório em na cidade chinesa. Há também sanções econômicas, que o BE implementou em 137 países em todo o mundo. Recentemente surgiram algumas escaramuças na fronteira entre a China e a Índia, mais uma vez uma implicação da Guerra Híbrida. De acordo com o governo chinês, foi propaganda. Hong Kong, outrora ocupada pelo BE, vem enfrentando uma Revolução Colorida há muitos meses. O BE também prometeu a seus súditos da Revolução Colorida um passaporte.

Os Boltons, Popmpeos, e Kuschners deveriam ser substituídos por pessoas capazes. Instituições como a ONU, AIEA, OMS, Fórum Econômico Mundial e similares deveriam ser substituídas ou reorganizadas por pessoas capazes que queiram trabalhar para a humanidade e não para a tomada de poder. A União Européia deveria ser substituída por uma instituição de comércio, não atacando os Estados soberanos, e acima de tudo a tomada de poder e o favorecimento político deveriam ser destruídos.

A solução, de acordo com o Instituto Schiller e, portanto, a visão das quatro potências, é:

* Um sistema universal de saúde para todos;

* Retorno ao sistema Bretton Wood;

* Os EUA devem retomar as idéias de Franklin Roosevelt;

* Uma nova forma de estadismo;

* Criar 1,5 bilhões de novos empregos;

* Deixar a África prosperar, não permanecer colonizada:

* Que os humanos não dependam das grandes corporações.

* Destruir o BE para que as pessoas sejam verdadeiramente livres;

***

Sonja van den Ende é jornalista holandesa independente

Originalmente em Oneworld.press