11 de setembro: Um insider do Deep State fala… | Pepe Escobar

0

Por Pepe Escobar, em seu twitter

11/9: Um insider old School do Deep State fala. Alto escalão. Extremamente discreto. Assistiu às reuniões secretas do Deep State em 11 de setembro. Cansado de todas as mentiras. O que está a seguir é o que se pode publicar sem edições.

Parte 1: O TELEFONEMA. A seguir.

“Uma conferência telefônica de emergência foi realizada no início da tarde do 11 de setembro com base no fato de que o Edifício Número Sete do WTC ainda estava de pé. As demolições foram projetadas para fazer com que o edifício, assim como os outros, caíssem em sua própria área. Eu participei desta chamada”.

Parte 2 – Sobre o WTC7: “Nenhum avião atingiu o Edifício Número Sete”. “A CIA foi trazida para encobrir. A CIA criou um ativo falho, Bin Laden, para jogar a culpa e desviar a atenção, depois puxou o plugue do Edifício Número Sete”. “A CIA alterou as gravações de embarque para mostrar os árabes entrando nos aviões”.

Parte 3 – Sobre o Mulá Omar: “Nossos Arabistas da CIA sabiam que se culpássemos Osama, que era inocente do 11 de setembro, o Mulá Omar não o entregaria, violando as leis da hospitalidade islâmica. O mulá Omar pediu provas: então ele entregaria Osama. É claro, não queríamos isso”.

Parte 4 – Sobre a heroína: “A guerra da heroína no Afeganistão foi justificada pelo 11 de setembro. Ninguém no Afeganistão estava envolvido no 11 de setembro. Nenhum membro do Islã estava envolvido. Invadimos o Afeganistão com um único objetivo, que era reiniciar a produção de heroína encerrada por um ato justo do mulá Omar”.

Parte 5 – Sobre a CIA e a heroína: “As plantações de heroína da CIA no Afeganistão financiaram operações externas, clandestinas e encheram os bolsos de algumas pessoas importantes. Essa era uma prática comum quando a CIA dirigia a operação de heroína no Triângulo Dourado”.

Parte 6 – Sobre o MOTIVO: “Nunca foi do interesse estratégico dos EUA lançar uma maldição sobre o Islã no Ocidente”. “O 11/9 foi uma espécie de operação de false flag ao estilo Golfo de Tonkin para justificar uma guerra contra o Islã e a invasão do Iraque, seguida de outras invasões de nações islâmicas”.

Parte 7 – Afeganistão-Iraque: “Os Talibãs nos amavam, pois não sabiam que atraímos a Rússia para o Afeganistão. Seria idiota achar que eles queriam maltratar seu aliado em algo como o 11 de setembro”. “Com o Iraque invadido por uma nova mentira, os neocons criaram uma guerra de ódio contra o Islã”.

Parte 8 – Quem está no comando: “O topo da estrutura de comando dos EUA não é a presidência. É o Deep State. Eu uso esse termo, embora não tenhamos comumente usado”.

***

Pepe Escobar é jornalista e correspondente de várias publicações internacionais

11 de setembro: Um insider do Deep State fala... | Pepe Escobar 1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui