Mentiras e crueldade! | Fabio Sobral

0

Por Fabio Sobral

O Comitê de Política Monetária do Banco Central elevou (22/9) a taxa básica de juros para 6,25% ao ano. Quinta elevação consecutiva. E elevará em mais 1% na próxima reunião. A justificativa é de que subir os juros reduzirá a inflação, que já está bastante elevada.

A teoria arcaica da economia diz que subir os juros faz os consumidores reduzirem suas compras a prestação e essa queda do consumo fará com que sobrem estoques de mercadorias, provocando assim a queda dos preços.

Só há meia verdade aí. De fato, os consumidores diminuirão seu consumo. O crédito estará mais caro e isso desestimulará o consumo. Porém, não há garantia de que as empresas reduzirão seus preços se sobrarem estoques.

Os defensores dessa visão obsoleta de controlar a inflação por meio da subida dos juros acreditam na teoria que afirma a “soberania do consumidor”. Algo como dizer que os consumidores governam os mercados.

Esquecem que os mercados estão sob grande controle de imensas corporações. Há dez grandes controladoras do comércio mundial de alimentos. São donas da maioria das marcas presentes nos supermercados. No Brasil, uma empresa frigorífica controla grande parte do mercado de carne bovina. Há grande concentração nas carnes suína e de aves.

Grandes empresas podem decidir vender muito e obterem pequena taxa de lucro em cada produto. Mas podem vender pouco com grande lucratividade em cada mercadoria vendida. Mercados dominados por poucas empresas têm essa tendência.

Combustíveis, gás, soja, carne, arroz, açúcar e café estão sendo reajustados em dólar. Ou seja, o valor do dólar em nossa moeda é que diz o quanto esses preços subirão. A queda do consumo afetará os preços? Não. Logo os juros mais altos só trarão prejuízo aos consumidores.

Altas de juros transferem recursos da população para o setor financeiro. Uma espécie de imposto para benefício dos mais ricos. Além disso, a dívida pública cresce quando os juros sobem. Quem paga a conta? A população que perde tributos para financiar tal dívida.

Teorias obsoletas nos governam. Juros mais altos não controlam inflação. O consumidor não determina os preços.

As teorias mentirosas são mecanismos cruéis.

***

Fábio Sobral é membro do Conselho editorial de A Comuna e professor de Economia Ecológica (UFC)

Mentiras e crueldade! | Fabio Sobral 1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui